Como acabar com a retenção de líquidos

Resultado de imagem para retenção de líquidos

Como acabar com a retenção de líquidos

Na consulta de nutrição, nos encontramos em ocasiões como o paciente se lamenta que, apesar de ter diminuído de peso, de não conseguir uma maior perda porque tem retenção de líquidos.
Muitas vezes, ocorre como um mecanismo de defesa a uma série de motivos por que o nosso corpo tende a reter líquidos.
Vamos ver alguns dos motivos por que se produz:

Maus hábitos alimentares
Na maioria dos casos, a retenção de líquidos deve-se a alguns maus hábitos, quase sempre de alimentação.
O consumo excessivo de sal, alimentos que naturalmente possuem sal em sua composição e a falta de proteínas na dieta, juntamente com outros nutrientes, pode fazer com que o nosso corpo retenha mais líquido, como um mecanismo de defesa.

Falta de exercício , desajuste hormonal e pouca hidratação
O exercício escasso, assim como a menstruação, gravidez e menopausa, o desajuste hormonal. Por este motivo, as mulheres, temos mais tendência a reter líquidos do que os homens. Também é muito importante um nível adequado de hidratação, geralmente, entre 1,5 e 2 litros de água por dia.

Resultado de imagem para Problemas renais, hepáticos e cardíacos

Problemas renais, hepáticos e cardíacos
Nestas situações, se a retenção de líquidos continua seria aconselhável estar nas mãos de um especialista.

Mas, como podemos combater a retenção de líquidos?
Como dissemos anteriormente, o principal motivo da retenção de líquido é a má alimentação. A primeira coisa que teria que fazer é diminuir/evitar o consumo de sal e também aqueles alimentos que de forma natural já levam sal em sua composição, como estes que colocamos a modo de exemplo:

Presuntos.
Caldos e sopas concentradas. Cubos de caldo de carne.
Azeitonas e picles
Molhos elaborados fora de casa.
Alimentos congelados, por seu alto teor de conservantes à base de sódio.
Enlatados por seu alto teor de conservantes.
Adoçantes artificiais à base de sódio, como o ciclamato de sódio.

Por outro lado, para compensar a eliminação de líquidos é recomendado tomar alimentos ricos em potássio, tais como: cogumelos, abacate, damascos secos, morangos, couve de Bruxelas, cenoura, agrião, acelga, nozes e germe de trigo. O poderoso Bio caps funciona também.
Para evitar que os alimentos fiquem com pouco sabor, por falta de sal, podemos optar pelo uso de especiarias para dar sabor aos pratos, orégano, tomilho, alecrim, pimenta, noz-moscada, salsinha, alho, cominhos, pimentão doce…

A modo de resumo, uma dieta equilibrada, juntamente com o aconselhamento dietético e nutricional
personalizado é uma das melhores ferramentas para ajudar a tratar as doenças e situações que requerem um tratamento para a eliminação de líquidos. A dietoterapia das doenças que necessitam deste tipo de tratamentos encaminha-se para um controle de minerais da dieta, principalmente o sódio e o potássio. A diminuição de sal de dependência e o consumo de cerca de dois litros de água de baixa mineralização são medidas dietéticas básicas.

Também é conveniente diminuir o consumo de alimentos ricos em gorduras saturadas como as carnes, bolos, manteiga, entre outros, já que não são recomendadas em todo o tipo de doenças que afetam a retenção de líquidos e, além disso, aumentam a produção de toxinas.